O QUE É PSICOTERAPIA?

 

Eu vejo e ouço muita gente boa dizendo: “Minha terapia é pescar.. jogar... brincar com o meu cachorro...” E, no final das contas, percebo que ainda persiste uma grande confusão entorno deste conceito que procede do termo grego “therapeutiké” para o latim. "therapeu-tica", que é uma parte da medicina que estuda e põe em prática os meios adequados para se aliviar ou curar os doentes, daí o termo “terapia”, em nosso caso: psicoterapia.

Como ainda não foi possível engessar ou suturar os pensamentos patológicos, os psicólogos atuam sobre as subjetividades ou se preferir, sobre a mente humana através de uma escuta e uma fala que traz a superfície os conteúdos mentais, que são os responsáveis por um incrível número de sintomas em nossas vidas.

Durante a psicoterapia, o profissional poderá ou não convidar o seu paciente a experimentar muitos caminhos que o levarão a uma autodescoberta para facilitar a forma como o sujeito lida com as dificuldades impostas na sua vida e, que o mesmo, há muito já não consegue mais lidar com elas sozinho, fazendo-se necessário uma ajuda profissional.

Há muito tempo, todo mundo já sabe que psicoterapia não é coisa de maluco, como dizia o senso comum. Muito pelo contrário, é um importante recurso que precisa estar ao alcance de todas as pessoas, ricas ou pobres, para melhorar a qualidade da saúde pública que tem uma enorme quantidade de leitos ocupados por pessoas assombradas pelas suas demandas psíquicas, tais como as neuroses que mudam apenas a sua forma sintomática nos indivíduos mais “saudáveis”...

Quem nunca teve um desequilíbrio emocional? Quem de nós teve uma infância perfeita ou amigos perfeitos? Quem teve trabalhos sem pressão de ordem alguma? Quem teve todos os amores correspondidos ou nunca sofreu perdas significativas? Quem nunca sofreu um trauma psíquico?

Se alguém respondeu positivamente a essas perguntas, provavelmente não é um ser humano! Pois estes problemas não ocorrem com paredes, mas com gente de verdade como você. Não há vergonha alguma enfrentar estas verdades dentro de um set terapêutico, vergonha é viver sofrendo calado e se entupindo de remédios alopáticos que mascaram a verdadeira etiologia dos seus sintomas vivenciais.

Para encontrar um bom profissional, aconselho você a obter uma boa indicação para iniciar o tratamento. Assim como existem muitos profissionais disponíveis por aí, também existem muitas técnicas ou escolas teóricas que serão a bússola do psicólogo. Evite aqueles que mistificam a profissão com religião, astrologia, etc. O psicólogo sério, segue um embasamento científico para atuar com responsabilidade, e além do mais... Uma certa empatia entre você e o profissional escolhido, será a chave do seu sucesso neste empreendimento pessoal de crescimento ou cura.

Fazer psicoterapia é uma questão de saúde! Não é luxo, mas é uma oportunidade única para você mergulhar nos labirintos do inconsciente, ajustando fatos traumáticos recalcados, reajustando a sua relação com os seus mecanismos de defesa, também conhecidos como neuroses... Enfim, é uma chance que você oferece a si mesmo para curar um corpo que não é apenas mecânico e biológico. É, sobretudo, intangível, invisível, subjetivo, metafórico, simbólico... Mas, não se iluda! Apesar disto, poderá ser muito mais material do que aquilo que você considera como real e verdadeiro. Talvez, este seja o momento certo para você se libertar daqueles velhos conceitos cartesianos que ainda acham que um bom comprimido e uma boa cama, irão resolver todos os seus problemas. Neste caso, de quem será mesmo está doce ilusão? Pense nisto.

   Dr. Marcos Calmon

CRP 05 / 32.619

  [ VOLTAR AO INÍCIO DESTA PÁGINA ]

voltar para o menu

Site desenvolvido e criado por Image Virtual Copyright© 2006. Todos os direitos reservados