VOCÊ SABE O QUE É ACUPUNTURA?

 

Não sabe? Ou, apenas pensa que sabe? Aliás, tem muita gente por aí... Confundindo acupuntura com religião de chinês e, o pior... Dizendo muitas bobagens! Algo típico das mentes ignorantes, sem os devidos esclarecimentos.

Basta dizer que a Organização Mundial de Saúde (OMS), já recomendou a prática da acupuntura por profissionais de saúde habilitados, em todos os seus países membros, alegando, ela própria, a eficácia comprovada em nada menos do que... Cerca de 360 acupontos!

Há pouco tempo atrás, alguns cientistas da Universidade da Califórnia-EUA,(um desses centro de excelência acadêmica) também puderam comprovar a eficiência dos pontos de acupuntura. Afirmando que eles estão definitivamente ligados entre si, através do cérebro, aos principais órgãos e vísceras do corpo humano, agindo sobre as suas funções fisiológicas e emocionais. Vejamos como isto ocorre na prática:

 Os cientistas agulharam a lateral do dedo mindinho de um homem, girando lentamente com uma agulha capilar. Imediatamente, viu-se pela ressonância magnética, a imagem do cérebro deste paciente, como uma área “acesa”, em particular, na região occipital, confirmando que esta área cerebral, entrava em atividade direta. Trata-se da parte do córtex que controla a visão, conforme sempre orientou a medicina tradicional chinesa, o qual denominam este ponto em particular de “Kuang ming” (clareza da luz), muito usado para curar as doenças dos olhos.

Evidentemente, tal sistema não se resume apenas nisto. Uma vez que, a complexidade do pensamento oriental envolve muita paciência e dedicação, com muitas horas de estudo da anatomia dos meridianos de energia e suas intrínsecas relações com os cinco elementos. Uma forma de pensar que se especializou na visão do todo, manifestando-se nas partes, mas sem isolar o restante... De fato, quando um paciente sente problemas na visão e o acupunturista vai buscar o equilíbrio no pé, é apenas um pequeno exemplo dessa ação conjunta do organismo em busca da melhor homeostase.

Nem sempre aquilo que se manifesta fisicamente, tem correspondência na etiologia física ou mecânica. O pensamento cartesiano nos tem feito pensar assim há alguns séculos... Mas, já é chegado o tempo de nós, os ocidentais, escaparmos deste ostracismo dogmático no pensamento pseudocientífico. Acupuntura é a arte milenar de encontrar a cura dentro de si mesmo, harmonizando os desequilíbrios energéticos, que apesar de serem invisíveis aos nossos olhos, não são menos reais do que as ondas magnéticas do rádio, da televisão, do celular, do raio x, etc. Basta ter olhos para enxergar as centenas de benefícios que milhões de pessoas recebem todos os dias, com a sua prática sistemática, disseminada pela maioria dos países no mundo todo.

No Brasil, vários profissionais de saúde estão habilitados para atuar como acupunturistas. Porém, a psicologia vem se destacando como uma área com grande afinidade e potencial para o profissional sério. Uma vez que a acupuntura atua sobre o reequilíbrio energético, influenciando positivamente as desordens psíquicas, depressões, transtornos mentais, ansiedades, TDAH, transtornos de ansiedade, fobias e muito mais...

Por isto, e muito mais, é que a Psicologia Brasileira ganhou com o seu reconhecimento, a partir da resolução do CFP (nº 005 no ano de 2002), permitindo mais uma estratégia terapêutica à disposição do Psicólogo e da boa saúde física e mental da população. Não deixe de aproveitar mais esta opção barata e eficiente para você ficar de bem com a vida!

       Dr. Marcos Calmon

CRP 05 / 32.619

  [ VOLTAR AO INÍCIO DESTA PÁGINA ]

voltar para o menu

Site desenvolvido e criado por Image Virtual Copyright© 2006. Todos os direitos reservados