A CURA

Através da sua mente

Fabiano ainda estava na recepção de um grande hospital, quando subitamente o médico chegou junto aos seus familiares, buscando ser o mais forte possível dos mortais, a fim de dar o seu veredicto final:

“Sinto muito meus amigos! Mas o caso do Sr. Tobias é muito sério! Trata-se de uma doença incurável para a medicina moderna...”

Um silêncio gritante ficou estampado no semblante daqueles familiares, ainda atônitos com a notícia arrebatadora. Mas, algo lhes arrancava subitamente daquele transe vivido por alguns segundos, para lançá-los de volta em tortuosas crises de choros e falta de esperança. Era como se uma certeza pairasse no ar, prometendo um desfecho mais trágico ainda nas próximas semanas ou meses que viriam pela frente.

No entanto, dias depois o Sr. Tobias recuperou todas as suas forças e, surgiu diante de todos com a saúde completamente recuperada, contrariando todas as expectativas médicas. O que foi que houve? Milagre? Talvez algum tipo de iatrogenia ou erro no diagnóstico?

Não foi nada disto! Na verdade, o Sr. Tobias tinha motivos de sobras para desejar viver e, a sua consciência não se contaminou com as opiniões e crenças a sua volta. Ele simplesmente permitiu que a sua mente trabalhasse a seu favor e, é exatamente isto que está acontecendo no mundo todo, deixando os cientistas mais céticos com o queixo caído. A mente é capaz de curar ou adoecer você a qualquer momento. Este é o novo paradigma que precisamos vencer. Precisamos descobrir que nem sempre os remédios serão capazes de fazer o melhor pela nossa saúde. Será preciso muito mais do que isto, será necessário que você se implique na solução dos seus próprios problemas, buscando harmonizar os seus pensamentos dentro de uma lógica muito diferente daquilo que aprendemos ser o certo ou errado na hora de trabalhar, amar, estudar, descansar, etc.

De nada adianta se entupir com remédios que prometem uma cura mágica, sem esforço algum, com embalagens atraentes e fáceis de serem consumidas em grandes quantidades no decorrer de algum tempo. O desequilíbrio emocional, a ansiedade, o estresse cotidiano e os traumas vivenciados geram uma enormidade de problemas que nos solicitam urgentemente um retorno a mãe natureza para tocar a terra, sentir a luz do sol da manhã sobre a pele, respirar um ar mais puro, buscar momentos de reflexão e paz interior.

Observar o poder dos alimentos saudáveis que nutrem com a energia exata cada órgão interno que necessita funcionar em perfeita sintonia com a sua mente. Perceber que o sedentarismo é um perigoso inimigo da sua saúde e desmistificar os milagrosos efeitos de um simples sorriso repetido várias vezes durante dia, é descobrir uma santa receita. Acredite que a dor é o prenúncio do crescimento interno e, conseqüentemente, a certeza de dias melhores para você.

Houve uma época em que os homens encontravam mais tempo para si mesmo e com isto, não havia tempo para tantas doenças. Hoje nos abandonamos por horas a fio diante de uma televisão ou de um computador e desaprendemos coisas simples como conversar com quem amamos, especialmente com você mesmo. É desta maneira que as doenças ainda são necessárias em nossas vidas, elas nos obrigam a criar um tempo que afirmamos não ter mais. Logo, elas nos fazem parar e reavaliar todas as nossas prioridades, que nessas horas perdem todo o sentido.

Antes que tudo isto aconteça, lembre-se: A sua mente pode lhe curar, até mesmo do ceticismo!

 

   Dr. Marcos Calmon

CRP 05 / 32.619

  [ VOLTAR AO INÍCIO DESTA PÁGINA ]

voltar para o menu

Site desenvolvido e criado por Image Virtual Copyright© 2006. Todos os direitos reservados