O QUE É GESTALT-TERAPIA?



Gestalt-Terapia é uma psicoterapia existencial-fenomenológica contemporânea fundada por Frederick (Fritz) e a sua esposa Laura Perls, na década de 40.



Curiosamente, ele também foi mais um dissidente e crítico da Psicanálise Clássica. Fato, que resultou na influência do pensamento Freudiano sobre o sistema prático da Gestalt-Terapia, apesar de inúmeras modificações realizadas.

Tal prática, se orienta na visão do homem como um todo, não o vendo mais como um simples "neurótico" ou como um "esquizofrênico" ou como sendo qualquer outro rótulo. A patologia é vista na psicologia moderna como mais uma das várias partes do todo, que é o sujeito que demanda atenção.



Em última análise, é uma parte que sofre e pede ajuda, mas não é isolada do todo.

"A doença" ou desequilíbrio, é encarada simplesmente de uma maneira muito mais "saudável" e assertiva, pois a sua mente já encontrou a solução (sintoma) equivocada para poder enfrentar as situações insuportáveis e inconciliáveis na sua vida.

Gestalt-Terapia veio para unificar o seu corpo prático e teórico, atendendo aos homens e as mulheres que precisavam ser vistos e tratados como seres humanos capazes de refazer determinadas escolhas mal feitas, reequilibrando a sua vida, tomando decisões e refazendo o caminho.